Página Inicial   Intranet   Webmail   
  História
  Câmara Municipal
  Produção Legislativa
    Autógrafos
  Serviços
  Links Interessantes
  História - Presidentes da Câmara

HISTÓRIA DE SOORETAMA

          Na década de 40, começou a surgir um pequeno povoado ao norte do município de Linhares. Os primeiros moradores dos quais se tem notícia foram Passos Costa e Manoel Crescêncio dos Santos. Com o passar do tempo, o povoado passou a ser chamado de Córrego Manoel Alves. Em 1950, houve uma grande estiagem que atingiu toda a região Norte do Estado, quando quase todos os córregos secaram, menos o Córrego Manoel Alves , que, por ser um rico manancial, saciava a sede de todos os viventes locais. Foi a partir daí que surgiu o nome Córrego D’água, que passou depois a distrito de Linhares.
          Já na década de 80, surgiram os primeiros rumores de uma possível emancipação. Mas somente em 1990 um pequeno grupo, muito insistente, resolveu formar uma comissão para que tivesse início o processo. No dia 18 de março desse mesmo ano aconteceu o primeiro plebiscito, que não foi válido, pois o número de eleitores que compareceram as urnas foi inferior a 50%. Menos de 30 dias depois, foi realizado o segundo plebiscito e mais uma vez o povo não compareceu  às urnas. O pequeno grupo insistia, pois acreditava que o desmembramento de Córrego D’Água do município de Linhares só poderia trazer benefícios.
          Após muitas idas e vindas da comissão à Assembléia Legislativa, na capital, houve a tão esperada modificação na lei, permitindo que o próximo plebiscito tivesse validade independente do número de eleitores que comparecessem às urnas. A partir daí, toda a população, a favor, mobilizou-se e trabalhou inspirada na frase que ficou na história: “Eu quero Sooretama, quero sim”.
          No dia 13 de março de 1994, foi realizado o terceiro e último plebiscito para a emancipação e no dia 31 de março de 1994, através da Lei Estadual nº 4.893, sancionada pelo Governador Albuíno Azevedo, nasceu o Município de Sooretama, desmembrado de Linhares.
          Em 03 de outubro de 1996, realizou-se a primeira eleição para prefeito, vice- prefeito e vereadores. Foram eleitos o Prefeito Esmael Nunes Loureiro, o Vice – Prefeito Antônio Maximiano dos Santos e os Vereadores Paulino Irineu Broedel, Nelcy Correia, David Hupp, Geraldo do Livramento, Luiz Fernando Gouvêa, Francisco de Assis Bittencourt, Jair Fabres Pinto, José Elias Ferreira e Moacir Camiletti. Na Segunda eleição municipal, realizada em outubro do ano passado, foram eleitos o Prefeito Antônio Maximiano dos Santos  o Vice- Prefeito Clarindo Manthaya e os Vereadores Juvenal Bobbio (Presidente), Maria do Carmo Ribeiro Broedel (Vice- Presidente), Jair Fabres Pinto, Ademir Morgan de Oliveira, Joel Dadalto Bazoni, Emir Alves da Silva, Luiz Fernando Gouvêa, Geraldo do Livramento, David Hupp

O NOME

          O nome Sooretama originou-se da Reserva Biológica que ficou pertencendo ao novo município e que, em tupi-guarani, significa habitat de animais silvestres, com uma área de 587,03 quilômetros quadrados. A população atual é de 18.270 habitantes, segundo o Censo 2000. Vivem no campo 6.854 pessoas e outras 11.416 na cidade. Em Sooretama existem 8.957 pessoas do sexo feminino e 9.313 do sexo masculino. A densidade demográfica é de 31 habitantes por quilômetros quadrados.
         Sooretama destaca-se internacionalmente por concentrar em seu território a Reserva Biológica de Sooretama (reconhecida pela Unesco como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica) e, nacionalmente, por abrigar parte da Lagoa Juparanã, cuja nascente está localizada no Patrimônio Comendador Rafael. Nesse local, no ano passado, a Prefeitura iniciou a construção de um balneário com infra-estrutura para atender às necessidades básicas dos turistas. A Lagoa  Juparanã, após pesquisa solicitada pelo município de Linhares, foi considerada a maior lagoa em volume de água doce do País e a segunda em extensão, perdendo somente para a Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul.

ATIVIDADES ECONÔMICAS
         
          As principais atividades econômicas do Município, por ordem de importância, são a cafeicultura , a fruticultura e a pecuária. Existem em Sooretama 18.973 cabeças de gado bovino e aproximadamente mil propriedades rurais. Na atividade pesqueira, podem ser encontradas as seguintes espécies: tucunaré, traíra, piranha, cascudo, viola, piaba, curvina, acará, morobá e camarão.
          No comércio varejista, a cidade conta com supermercados, açougues, farmácias, papelarias, bares, locadora, padarias, restaurantes, lanchonetes, postos de combustíveis, sapatarias, confecções. No setor industrial, apresenta-se com indústrias de couro, borracha natural, móveis, vassouras, caixas e brevemente será inaugurada uma usina de aço.
          A cultura predominante é o café conilon, seguida da seringueira com a extração de látex para o preparo da borracha natural que é comercializada para empresas nacionais. Em Sooretama encontra-se a segunda maior usina de beneficamente de borracha bruta da América Latina, a Agrobor. Há também grande produção de laranja, maracujá, limão, mamão e coco.

SITUAÇÃO GEOGRÁFICA
         
           O Município de Sooretama possui uma área de 587,38 quilômetros quadrados. É privilegiado com a Reserva Biológica de Sooretama, que possui uma área de 23.126 hectares, formando um paraíso de Mata Atlântica, com uma imensa diversidade biológica, sob a administração do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (IBAMA).
          O relevo é caracterizado por planícies, sendo a altitude de 30 metros acima do nível do mar. A temperatura oscila entre 16 e 38 graus centígrados, com o inverno seco e chuvas no verão. Possui uma pequena área territorial banhada pela Lagoa Juparanã e outra pelo Rio São José. Os principais córregos são o Cupido, o Chumbado, o Calçado e o Juerana. Há uma grande preocupação com a Lagoa Juparanã, que é abastecida pelo Rio São José, que, por sua vez, é abastecido por águas de outros afluentes, a partir da cidade de Mantenópolis, na divisa com Minas Gerais. É na referida lagos que a Prefeitura está desenvolvendo o principal ponto turístico, em fase de implantação, que é o Balneário de Comendador Rafael.
          Ao sul e leste, o Município de Sooretama faz divisa com Linhares; ao norte, com Jaguaré; e ao oeste com Vila Valério e Rio Bananal. Possui os povoados de Juncado, Chumbado e Comendador Rafael, sendo este último banhado pela Lagoa Juparanã. Distante da Capital 159 quilômetros, com acesso através da BR 101.



Endereço: Av. Ângelo Suzano, 850 - Centro, Sooretama - ES - CEP 29.927-000
Telefax: (27) 3273-1314/Celular: (27)99649-2073
Horário de funcionamento da Câmara: Segunda-feira a Sexta-feira das 12:00 as 18:00 hs.




Desenvolvido pela Ágape Assessoria e Consultoria